Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Manda Nude

Já disse outras vezes, as palavras são a fuga da minha solidão. Todos vestimos roupas sociais aceitáveis. Uns se escondem em muitas camadas de roupa, já outros conseguem se livrar de algumas peças e aos poucos começam a vislumbrar pequenas doses de nudez.

Nada disso importa pra ninguém além de você mesmo. Como disse o filósofo ” somos solitários em nossas sensações, sentidos, sentimentos” somos solitários em nós mesmos. Ninguém pode saber quem somos mais do que nós mesmos sabemos.

Não podemos esperar que outro goze com nossas palavras mais do que nós mesmos gozamos ao derramar sentido nelas. Sentidos nossos, são particulares. Não podemos esperar demais do outro que busca nos decifrar pelas próprias lentes. Tenta nos compreender a partir da percepção que tem de si próprio.

Meu conselho?

Se desnude ao máximo. Tire as camadas que foram postas em você desde o começo. Questione tudo. Queira saber mais de si. Investigue seus desejos e suas crenças. Ponha tudo sobre a mesa para análise. Nada pode ser sagrado o suficiente para ser preservado da questão. Questione até ver o que resta. No final, quando o máximo de peças estiverem ao chão, a nudez que restar é você. Não tenha medo de ficar nu.

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: